Tribunal Regional Federal é alvo de ataque hacker similar ao do TSE

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O site do Tribunal Regional Federal (TRF-3) ficou fora do ar na última sexta-feira (15).

  • O órgão confirmou ter sido atingido por um ataque cibernético do tipo DDoS.

  • O ataque aconteceu um dia depois do TRF-3 indeferir o adiamento das provas do ENEM.

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região foi vítima de um ataque cibernético DDoS que causou instabilidade nos sistemas. Nesta terça-feira (19) a rede TRF-3 já funciona normalmente.



O site do Tribunal Regional, que atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, ficou fora do ar na última sexta-feira (15). Em nota, o TRF-3 confirmou ter sofrido um ataque hacker do tipo DDoS.

A ofensiva tenta derrubar um site ao sobrecarregar o sistema com múltiplos acessos simultâneos. Dessa forma, a rede esgota sua capacidade de suportar tantos acessos e fica instável, causando travamentos e até mesmo a retirada do site do ar.



Esse foi o mesmo tipo de ataque que acometeu os sistemas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas eleições de 2020. 

De acordo com o TRF-3, os sistemas eletrônicos do órgão ficaram instáveis ao longo do dia. Conforme o portal Campo Grande News, os servidores do Tribunal não conseguiram acessar os sistemas entre às 14h e 16h desta sexta-feira.

O sistema virtual do TRF-3 é fundamental para o trabalho dos funcionários, uma vez que 60% do efetivo do órgão em Mato Grosso do Sul, trabalha de forma remota por causa da pandemia do Covid-19.

Polícia Federal vai investigar ataque

O órgão não divulgou quem esteve por trás do ataque. Durante o ocorrido, a área de tecnologia da informação do TRF-3 atuou para conter o ataque ao sistema, que já está funcionando normalmente desde o início desta semana.

De acordo com o TRF-3, não houve invasão ao sistema ou a bases de dados, de tal forma que os dados sigilosos do órgão permanecem seguros. A Polícia Federal, no entanto, vai investigar para esclarecer o ocorrido. 

“O Tribunal reitera o seu compromisso com a segurança de nossos sistemas e informações e tem adotado todas as medidas necessárias para prevenir ataques de todos os tipos e responder de modo adequado e eficiente a qualquer eventual tentativa de invasão.”

O ataque aconteceu um dia depois do TRF-3 indeferir o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Com isso, o TRF-3 entra para a lista de importantes instituições brasileiras vítimas de hackers nos últimos meses, se juntando ao STJ, TRF-1, e TSE.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá