O que é UNI? Token de DEX que subiu 400% no ano

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A UNI, token nativo da exchange descentralizada Uniswap, acumula uma valorização acima de 400% em 2021.

  • As exchanges descentralizadas (DEX) estão conseguido atrair cada vez mais usuários do mercado, devido a sua maior descentralização e menores riscos de gestão ineficientes.

  • Apesar de ter entrado em uma forte tendência de baixa após a sua máxima histórica, o token UNI tem dado sinais de que pode subir ainda mais no ano.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A UNI, token nativo da exchange descentralizada Uniswap, acumula uma valorização acima de 400% desde o início de 2021.

Patrocinados



Patrocinados

A UNI tem sido um dos destaques do mercado cripto em 2021, muito por causa da grande adesão que as exchanges descentralizadas (DEX) conseguiram no ano.

Segundo dados do CoinGecko, o token era precificado a menos de  US$ 5 no início de janeiro, e é negociado no momento em US$ 26,36 – uma alta de mais de 450%. Levando em conta sua máxima histórica de US$ 44,92, alcançada no dia 3 de maio, a disparada do preço é ainda maior.

Patrocinados



Patrocinados

Além disso, o ativo possui mais de US$ 13, 6 bilhões em valor de mercado, estando entre as 15 maiores criptomoedas do mundo. Ele já é listado em grandes exchanges como a Binance, OKEx e FTX e o token possui uma média de US$ 500 milhões.

Uniswap e o crescimento DEX

As exchanges descentralizadas estão conseguido atrair cada vez mais usuários do mercado, devido a sua maior descentralização e menores riscos de gestão ineficiente e decisões controversas. Nesse sentido, a Uniswap teve grande destaque, e é, atualmente, a principal DEX desta modalidade do mercado cripto.

Criada em 2018 na blockchain Ethereum (ETH), a Uniswap é o projeto DeFi com maior volume de transações na rede da criptomoeda, segundo o DappRadar. Em agosto de 2021, a DEX atingiu a marca de mais de US$ 1 bilhão em taxas acumulativas.

O sucesso da Uniswap pode ser explicado pela sua proposta inovadora de fornecimento de liquidez, algo que ainda é visto como uma das vantagem das exchanges centralizadas em relação às DEX.

Seu protocolo de fornecimento e liquidez é totalmente baseado em pools, que usa um AMM (Formador Automático de Mercado) para realizar as operações de compra e venda de tokens dos seus usuários. Assim, os valores dos ativos são balanceados conforme a sua oferta e procura.

Para aumentar ainda mais o fornecimento de liquidez, a exchange oferece aos seus usuários a chance de se tornarem participantes nesta atividade. Ao bloquear os seus ativos ERC-20 nessas pools, é possível obter uma renda passiva com os seus tokens numa espécie de poupança.

Token pode cresceer ainda mais?

O token UNI teve uma grande valorização em 2021. No entanto, desde a sua máxima histórica, o ativo entrou em uma forte tendência de baixa, chegando a perder mais de 60% do seu valor nos meses de maio e junho.

Apesar de ter sido alcançado uma alta de mais de 100% nos meses seguintes, o token ainda está 40% abaixo do seu preço recorde. Porém, mesmo fechando setembro em queda, a criptomoeda tem dado alguns sinais de que pode voltar a crescer nas próximas semanas.

O analista Valdrin Tahiri destaca que a UNI foi a terceira criptomoeda que mais cresceu na semana, valorizando mais de 30%. Segundo ele, o ativo rompeu uma cunha de baixa no fim de setembro, o que intensificou o seu movimento de alta.

Gráfico da UNI no TradingView

O analista ainda observa que se caso o token consiga se manter acima de US$ 26, ele possui boas chances de atingir a resistência de US$ 31,42.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, ele participou de projetos relacionados a trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados a criptomoedas. Formando em Administração, está cursando pós graduação em Investimentos e Blockchain pela EA Banking School.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora