UNICEF Não Converterá Doações em Criptomoedas Para Moeda Fiduciária

Compartilhar Artigo

Recentemente, a UNICEF anunciou que está trabalhando em um protótipo para permitir a aceitação de doações de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH). Notavelmente, essas doações serão mantidas como criptomoedas e não convertidas.



O UNICEF está lançando um programa piloto para aceitar doações de criptomoeda – e não converterá os fundos arrecadados em dinheiro.

UNICEF Irá Ficar Comprada em Criptomoedas

A adoção de criptomoedas deu um grande passo adiante com a notícia de que o UNICEF em breve estará aceitando doações de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH). Conforme relatado anteriormente pelo BeInCrypto, Christina Lomazzo e sua equipe de blockchain no Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) permitirá que indivíduos doem criptomoedas.



O novo programa piloto é a primeira vez que a agência internacional aceita criptomoedas. A primeira doação feita virá da Ethereum Foundation, que doou 1 BTC e 10.000 ETH à causa. O programa piloto será uma colaboração com o UNICEF EUA, UNICEF Austrália, UNICEF Nova Zelândia e UNICEF França.

O que é digno de nota, no entanto, é que essa iniciativa manterá as doações como criptomoedas. Em vez de convertê-las automaticamente em moeda fiduciária, a organização internacional parece estar interessada em “HODLing” e em usar criptomoedas.

A ideia por trás da mudança é melhorar a transparência e aumentar o número de doadores. Com cada doação registrada no blockchain, há pouco espaço para ‘perder’ fundos e tudo é visível no livro público.

Organizações internacionais buscam a tecnologia Blockchain

As Nações Unidas e seus muitos ramos mostraram-se abertos a criptomoedas. Atualmente, existe uma “mudança de paradigma” nos níveis mais altos do poder internacional, o que pode indicar que uma onda de adoção está chegando.

A posição pró-criptomoeda vai muito além do UNICEF. No ano passado, Antonio Guterres, secretário-geral da ONU, falou sobre a possibilidade de usar tecnologia blockchain na solução de problemas mundiais. O foco do plano é fornecer serviços financeiros e redes digitais ultra acessíveis até 2030.

O UNICEF tomou a atitude ousada de aceitar criptomoedas e não convertê-las em dinheiro líquido. Em vez disso, eles estão apostando a longo prazo na ideia. Vamos torcer para que outras organizações internacionais sigam.

Você acha que outras organizações da ONU têm muito a ganhar com a adoção de criptomoedas? Deixe-nos saber seus pensamentos nos comentários abaixo.


As imagens são cortesia da Shutterstock.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá