‘Vale do Silício’ da China Classifica 39 Empresas de Criptomoeda Como Ilegais

Compartilhar Artigo

Shenzhen é o centro de blockchain da China, mas a aplicação da lei já está reprimindo as criptomoedas. O estado identificou cerca de 39 empresas de criptomoedas ilegais que operam na cidade.



O chamado ‘Vale do Silício’ da China pode em breve se encontrar em meio a uma séria repressão a criptomoedas, supostamente contra golpes e esquemas de Ponzi. Shenzhen, o principal centro de tecnologia da China, também é o lar de muitos golpes relacionados a criptomoedas. As autoridades identificaram 39 empresas ilegais que foram responsáveis ​​por fraudar os consumidores comuns.

39 empresas de criptomoeda direcionadas a fraudes

De acordo com a repórter Dovey Wan ( @ DoveyWan ), as autoridades têm como alvo específico as empresas envolvidas em esquemas de ‘pump and dump’ e pirâmide. As exchanges envolvidas no auxílio a essas atividades ilegais também serão severamente punidas.



As autoridades de Shenzhen se concentrarão em três atividades principais como parte de sua repressão legal: comércio de criptomoedas, exchanges licenciadas no exterior e fundos de investimento relacionados a criptomoedas. As 39 empresas na China visadas por essa nova medida ainda não foram divulgadas. No entanto, podemos esperar que os nomes dessas empresas ‘ilegais’ sejam divulgados nos próximos dias, e talvez algumas informações sobre as exchanges que as ajudaram.

Shenzhen é um campo de teste regulamentar para o governo da China

Quinta-feira, o BeInCrypto informou sobre o regime regulatório em mudança de Shenzhen . Embora as notícias do novo arcabouço legal tenham sido divulgadas na imprensa nos últimos dias, parece que agora temos alguns números concretos sobre quantas empresas serão de fato afetadas pela mudança.

Shenzhen provavelmente se mostrará uma cidade piloto para regulamentações relacionadas a blockchain, já que é o centro de tecnologia da China. Se bem-sucedidas, poderíamos ver essas mesmas estipulações aplicáveis ​​a outras grandes cidades e, eventualmente, ao resto do país.

No entanto, a política regulatória não é novidade à luz da hostilidade estabelecida da China às criptomoedas. Mantendo sua linha de ‘blockchain, não criptomoedas‘, o estado tem sido hostil aos concorrentes de seu renminbi chinês.

Você acredita que as criptomoedas vencerão a repressão na China? Deixe nos comentários a sua opinião! Aproveite para compartilhar no Twitter e no Facebook!


As imagens são cortesia do Twitter, Shutterstock.


Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Com formação em ciências e redação, Alice começou a escrever profissionalmente há 7 anos. Desde então, ela tem aprendido, investido e escrito sobre criptomoedas e tecnologia blockchain para algumas das maiores publicações do setor. Atualmente, compõe a equipe de jornalistas Brasil da BeInCrypto.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá