Vasco investe R$ 50 milhões para ‘tokenizar’ jogadores em parceria com Mercado Bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Vasco anuncia nova parceria com o Mercado Bitcoin

  • O clube lança mês que vem um novo token

  • A tokenização do mecanismo de solidariedade é algo inédito no mundo

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O clube de futebol Vasco da Gama anunciou nesta quinta-feira (5) um feito inédito no futebol mundial, a tokenização do mecanismo de solidariedade de formação dos jogadores. Dessa forma, os torcedores do clube vão poder investir nos atletas através da compra de tokens.



A novidade veio hoje em coletiva de imprensa com o presidente do clube Alexandre Campello, o diretor financeiro do Vasco, Anderson Santos, e o sócio-fundador da Mercado Bitcoin, Gustavo Chamati.

Campello compartilhou com entusiasmo a novidade inédita no futebol brasileiro, em parceria com a exchange Mercado Bitcoin.



“Hoje é um dia muito feliz da nossa gestão e para todo vascaíno porque hoje nós estamos na vanguarda, inovando. É uma construção que levou muito tempo que agora conseguimos colocar de pé.”

Entenda como vai funcionar o token do Vasco

Os tokens são um tipo de criptomoedas que podem representar qualquer ativo da vida real. No caso do Vasco, os tokens representam um parte dos lucros que os jogadores dão ao clube quando são negociados em no Brasil e exterior.

Serão 12 jogadores treinados pelo Vasco que serão ‘tokenizados’ na nova parceria. O investimento será de R$ 50 milhões. O Mercado Bitcoin já adiantou R$ 10 milhões para o Vasco, como forma de demonstrar a confiança no negócio.

Para o Vasco, a tokenização surge também como uma forma do clube melhorar a sua receita. A ideia é utilizar o dinheiro que vai entrar com o token, para diminuir as dívidas e pagar o seu pool de credores.

Lançamento do token está previsto para mês que vem

Todo o dinheiro arrecadado do mecanismo de solidariedade, será administrado pelo Mercado Bitcoin. A exchange brasileira será responsável pelo repasse da verba ao clube e aos investidores do token.

De todo dinheiro gerado na transferência de um jogador, no mínimo, 25% será destinado ao Vasco. O restante, será distribuído entre os detentores do tokens. A ideia é que a moeda digital valorize no futuro, rendendo dessa forma, lucros aos investidores.

O lançamento está previsto para o mês que vem, quando serão colocados à venda 500 mil tokens. Cada unidade será vendida por R$ 100, totalizando um investimento de R$ 50 milhões.

O token será vendido com exclusividade no Mercado Bitcoin, uma das maiores exchanges de criptomoedas na América Latina. A empresa também é responsável pelo desenvolvimento do token na plataforma Ethereum, através do protocolo ERC-20.

Para Gustavo Chamati do Mercado Bitcoin, essa parceria é algo inédito do mundo.

“É difícil não se empolgar num projeto como esse. A gente acredita demais de inovação, e a revolução pela tecnologia está acontecendo e hoje nós somos um vetor dessa transformação no Brasil.”

Share Article

Saori Honorato é jornalista e para o BeInCrypto escreve sobre os principais acontecimentos do universo das criptomoedas.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá