Vitreo lança novo fundo que investe em empresas de blockchain

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Vitreo anuncia fundo que investe em empresas de blockchain.

  • Produto tem investimento mínimo de R$ 100.

  • Crescem opções para investimento no setor de criptomoedas no Brasil.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Um novo fundo de investimentos da Vitreo promete investir em empresas que trabalham com blockchain.

Patrocinados



Patrocinados

O fundo, chamado de Vitreo Blockchain Ações FIA BDR Nível I, foi lançado nesta sexta-feira (30) com o investimento mínimo de R$ 100. Algumas das ações no fundo são da Tesla, Paypal, Advanced Micro Devices e IBM.

Segundo a Vitreo, o fundo é o “primeiro do mercado brasileiro voltado para todos os perfis de investidores”. Ela cobra uma taxa de administração de 0,9% e taxa de performance de 10% sobre o excedente do índice S&P 500.

Patrocinados



Patrocinados

A Vitreo lembra que “a tecnologia blockchain serve de base para a constituição de criptomoedas, mas também tem a função de banco de dados para transações de ativos digitais descentralizados”. Para o sócio e chefe de gestão da Vitreo, George Wachsmann,

“São empresas que vão impactar a economia de forma multissetorial nas próximas décadas, mas com expectativas de retorno já no médio prazo”.

Investimento em cripto

O lançamento da Vitreo é mais um do mar de produtos de investimento relacionados a criptomoedas e blockchain que surgiram recentemente no Brasil. O interesse pelo setor em 2021 cresceu devido às altas do Bitcoin no último ano. Mesmo levando em consideração as recentes quedas da criptomoeda, ela cresceu 252% nos últimos 365 dias, segundo o Coingecko.

Uma das empresas que se interessou pelo setor de cripto foi o Itaú, que, em maio, anunciou a preparação de um fundo ligado ao setor após o sucesso do ETF HASH11, o primeiro ETF de criptomoedas do Brasil, gerenciado pela HashDex.

O BTG Pactual também avançou no espaço cripto, com o lançamento de um fundo de bitcoin no mesmo mês. No final de junho, foi a vez da XP Investimentos anunciar seu próprio fundo.

A criação de produtos de investimento em cripto deve receber outra impulsão, após a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) revelar que estuda a alteração de uma regra que deve facilitar a entrada de novas empresas no setor.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Editora-chefe do BeInCrypto Brasil. Jornalista de dados por formação, possui 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia e, agora, está se aventurando pelo mundo cripto. Criou uma galeria NFT com fotos de seus gatos. Tem passagens na Globo, Gazeta do Povo e no Portal UOL.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

A ICO da Bit2Me ACABA DE COMEÇAR! Compre o token B2M agora.

Comprar agora!

Lançamento de BIT. Ganhe até 3.500 BIT. Não perca esse bonde

Entrar agora