Volume de XRP pronto para airdrop de novo token já passa de R$ 60 bilhões

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Quantidade de XRP posicionado para airdrop do token Spark já chega a 21 bilhões.

  • Volume equivale a cerca de R$ 61 bilhões.

  • Verificação dos saldos para o airdrop ocorre na sexta-feira (11).

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Investidores correm para conseguir uma vaga no airdrop do token Spark, que promete levar funcionalidades de contrato inteligente para o XRP.



Já passa do equivalente a R$ 60 bilhões o valor do XRP posicionado em carteiras prontas para o airdrop do token Spark. A verificação dos saldos está marcada para as 21h de sexta-feira (11), no horário de Brasília.

Pelo menos 1,2 bilhão de XRP foram enviados para grandes exchanges de criptomoedas apenas nos últimos dias. O movimento parece ter ligação com o airdrop para usuários que detêm saldo da moeda da Ripple na carteira.



Segundo dados do XRPL Monitor, detentores da moeda da Ripple vêm mantendo um fluxo constante de transferências rumo a exchanges. Nos últimos dias, se multiplicaram as transações de 10 milhões de XRP cada, por exemplo.

Na soma da semana, o número já chega à casa dos 1,2 bilhões de XRP. Na cotação da manhã desta quinta-feira (10), o valor é equivalente a US$ 678,8 milhões, ou R$ 3,5 bilhões.

Segundo um levantamento independente, entretanto, o número total já posicionado para o airdrop é muito maior. A quantidade da moeda em todas as carteiras em exchanges participantes já chega a 21 bilhões de XRP. Convertido pela cotação de hoje, o valor chega a cerca de US$ 11,9 bilhões, ou R$ 61 bilhões.

Além do volume impressionante de XRP, o airdrop teria estimulado um crescimento substancial no número de novas carteiras. Dessa maneira, o evento parece estar atraindo a atenção também de pessoas que nunca haviam comprado o ativo antes.

2 DIAS para o snapshot do Spark. Atualização:

Cerca de 94.048 contas preparadas para receber o #SPARK
Cerca de 21 bilhões de XRP em saldos

Participações aumentaram em 426 milhões de XRP e 43.146 novas contas de #XRP foram criadas.

Muitas exchanges participam do airdrop para donos de XRP – mas nenhuma brasileira

Já chega a 83 o número de exchanges que irão oferecer suporte ao airdrop. Entre elas estão gigantes como Binance, Huobi e Coinbase, além da Kraken e plataformas de trade social como a eToro. A lista, entretanto, não conta com nenhuma corretora brasileira.

As exchanges vão adotar uma estratégia similar de distribuição. As transferências de XRP serão interrompidas momentos antes da verificação (snapshot) e retomadas assim que os saldos forem conferidos. O token Spark terá paridade com o XRP. No entanto, dada a limitação da oferta para o airdrop, a entrega será realizada proporcionalmente ao saldo da carteira no ato da checagem.

Vale lembrar, no entanto, que a distribuição ocorrerá ao longo de dezembro e os donos só poderão movimentar o ativo a partir de 1º de janeiro.

O airdrop da Spark é apontado como o principal motor da alta da XRP. Em meio a altos e baixos, a moeda segue com preço mais de 100% maior do que os cerca de US$ 0,27 de meados de novembro, quando o rali começou.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá