Urgente Walmart nega adoção de Litecoin (LTC) e preço desaba

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • Em comunicado a imprensa, o Walmart desmentiu os rumores de que passaria a aceitar a Litecoin (LTC) como forme de pagamento em suas lojas de varejo.

  • Preço da criptomoeda chegou a disparar aproximadamente 40% com o falso anúncio.

  • Ele desabou rapidamente após o Walmart desmentir a suposta parceria.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

Em comunicado a imprensa, o Walmart desmentiu os rumores de que passaria a aceitar a Litecoin (LTC) como forma de pagamento em suas lojas de varejo.

Patrocinados



Patrocinados

A Litecoin, uma das criptomoedas mais antigas e conhecidas do mercado, passou por grandes oscilações de preço nas últimas horas. Por volta das 10h do horário de Brasília, a LTC disparou aproximadamente 40%, superando a faixa de preço de US$ 239 – maior valor desde maio.

O motivo para o repentino impulso de alta na criptomoeda foi um suposto comunicado de imprensa do Walmart enviado a GlobeNewswire, que indicava que a maior rede varejista dos Estados Unidos passaria a aceitar a criptomoeda como forma de pagamento.

Patrocinados



Patrocinados

Walmart nega parceria

Com a repercussão da notícia em redes sociais e noticiários, o Wallmart rapidamente negou a suposta parceria realizada com a Litecoin. Em nota oficial à imprensa, o porta-voz da companhia Randy Hargrove informou que o comunicado divulgado anteriormente não era autentico.

Com isso, o preço da criptomoeda logo caiu mais de 20%, voltando a ser negociada na faixa de US$ 180 – valor próximo ao visto antes da disparada de preço causada pelo falso comunicado.

Ainda segundo Hargrove, o Walmart está em contato com a GlobeNewswire para verificar como o comunicado com as informações falsas foi enviado. O falso anuncio da parceria foi retirado do site.

Incertezas regulatórias podem atrapalhar a adoção de criptomoedas?

O governo dos Estados Unidos está intensificando cada vez mais as suas atividades de pesquisa e fiscalização do mercado cripto, buscando alternativas para regular este setor.

Além das questões envolvendo a Ripple, a SEC passou a monitorar protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) e a Uniswap, maior exchange descentralizada do mundo.

Além disso, um importante projeto de lei que irá afetar profundamente a taxação de criptomoedas no país deve ser votado ainda em setembro, segundo a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi.

Apesar de alguns lojas e empresas do país já aceitarem criptomoedas como forma de pagamento, é improvável que grandes franquias como o Walmart adotem o uso desses ativos sem que haja uma clara regulamentação deste mercado.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Anderson atua como redator para o BeInCrypto, escrevendo sobre as principais notícias sobre o criptomercado e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, ele participou de projetos relacionados a trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados a criptomoedas. Formando em Administração, está cursando pós graduação em Investimentos e Blockchain pela EA Banking School.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora