Walmart vai investigar anúncio de falsa parceria com Litecoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • O Walmart disse que irá investigar o falso comunicado à imprensa que anunciava uma parceria com a Litecoin, fazendo com que o preço da criptomoeda disparasse.

  • Na manhã de segunda-feira (13) a GlobeNewswire publicou um comunicado à imprensa afirmando que o Walmart começaria a permitir que seus clientes usassem a LTC como forma de pagamento.

  • A declaração foi negada logo após seu lançamento e as partes envolvidas estão investigando o ocorrido.

  • promo

    BIT: 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios. Entrar agora!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

O Walmart afirmou que irá investigar o falso comunicado à imprensa anunciando uma parceria com a Litecoin (LTC), que causou uma forte e breve alta no preço da criptomoeda.

Patrocinados



Patrocinados

Na segunda-feira (13),  às 10h30 no horário de Brasília, a GlobeNewswire publicou um press release no qual anunciava uma parceria entre o Walmart, o maior varejista do mundo, e a Litecoin (LTC).

O anúncio dizia que o Walmart passaria a permitir que seus clientes usassem a criptomoeda como forma de pagamento. Diversos veículos de notícias respeitáveis cobriram a história, incluindo a Reuters, CNBC e Bloomberg News. A repercussão fez o preço da Litecoin disparar.

Patrocinados



Patrocinados

Walmart nega os rumores

Em menos de uma hora, o Walmart negou a declaração, fazendo com que a criptomoeda perdesse toda a valorização que tinha alcançado devido a notícia. O próprio Litecoin confirmou mais tarde que a declaração era falsa. Agora, todas as partes envolvidas estão tentando evitar outro erro.

Por exemplo, logo após a GlobeNewswire publicar um aviso para “desconsiderar” o comunicado à imprensa, ela disse que implementou etapas de autenticação aprimoradas para evitar que um incidente semelhante ocorra no futuro. “Trabalharemos com as autoridades apropriadas para solicitar – e facilitar – uma investigação completa, incluindo qualquer atividade criminosa associada a este assunto”, disse o site.

Enquanto isso, o chefe da Litecoin Foundation e criador da criptomoeda, Charlie Lee, disse que a fraude está sendo investigada, mas pouco progresso foi feito. Embora a fundação tenha dito que não tinha informações sobre a origem do release, Lee admite que “estragou tudo” ao retuitar o anúncio inicial.

“Nós tentamos nosso melhor para não tuitar notícias falsas e desta vez realmente estragamos tudo”, disse Lee. “Eu nego que tenha algo a ver conosco e vamos tentar o nosso melhor para descobrir quem fez isso – e vamos impedir que notícias falsas se espalhem”. Ele acrescentou que a equipe da Litecoin adicionaria controles mais rígidos em suas contas de mídia social “para que algo assim não aconteça novamente”.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Patrocinados
Share Article

Nick é professor de habilidades de comunicação oral e especialista em ciência de dados em Budapeste, Hungria, com mestrado em Business Analytics. Ele entrou relativamente tarde no campo da tecnologia de criptomoedas e blockchain, mas está intrigado com seu potencial de uso econômico e político. Ele pode ser descrito como um cético otimista de centro-esquerda.

SEGUIR O AUTOR

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

Sinais de mercado, estudos e análises! Entre hoje no nosso Telegram!

Entrar agora

BIT. 8 milhões de BITs em prêmios. Três rodadas; Montanhas de prêmios.

Entrar agora