XRP é novamente assunto central no Brasil em meio a sobe e desce do bitcoin

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • XRP foi principal assunto da semana entre brasileiros no mundo das criptomoedas

  • Moeda da Ripple atingiu máxima de dois anos e alcançou 200% de valorização anual

  • Decisão da Justiça sobre bitcoins da Genbit também foram destaque

  • promo

    Estamos compartilhando informação no nosso grupo de Telegram , siga-nos! E obtenha sinais de trading e análise de criptomoedas diariamente!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

XRP foi principal assunto da semana entre brasileiros no mundo das criptomoedas após atingir máxima de dois anos e ter alcançado 200% de valorização anual. Decisão da Justiça sobre bitcoins da Genbit também foram destaque.



A XRP esteve no centro das atenções no mundo das criptomoedas no Brasil na semana passada. A moeda da Ripple teve forte valorização em meio a sobe e desce do bitcoin nos últimos dias.

Além disso, a Genbit voltou a virar notícia após um juiz do Paraná ordenar a apreensão de bitcoins da empresa acusada de fraude. Já no fim da semana, a Black Friday deu um novo gás aos investidores, que correram atrás das melhores ofertas de carteiras físicas.



Veja, a seguir, os assuntos que movimentaram a semana entre usuários brasileiros de criptomoedas.

Analistas previram alta da XRP momentos antes de pico de dois anos

A XRP passou por uma forte valorização nos últimos dias. Mas, teve mais chance de lucrar quem prestou atenção no que especialistas vinham dizendo.

Quando a moeda da Ripple era negociada a US$ 0,29, analistas viram que a XRP se preparava para uma subida. A projeção era de 200% de valorização. Não deu outra: apenas dois dias depois, a moeda da Ripple iniciou um rali que levou o preço para a máxima de dois anos.

Usuários de XRP de olho na previsão de 200%

A projeção chamou atenção da comunidade, que logo se voltou para a análise quando a XRP começou a subir de verdade. No fim de semana que se seguiu, usuários começaram a perceber que havia algo de importante acontecendo. Em meio a um intenso rali do bitcoin, parecia que a XRP seria a moeda a iniciar a tão esperada altseason.

XRP dispara 80% em poucos dias

O frenesi na comunidade de XRP era justificado. Afinal, a moeda da Ripple passava por um rali impressionante que fazia o preço atingir US$ 0,48. Àquela altura, a criptomoeda já apresentava valorização de 80% na semana.

Não havia um motivo muito claro para o movimento. No entanto, chamava atenção a proximidade da verificação de saldos para se qualificar para um importante airdrop. A expectativa, dessa forma, parecia impulsionar os mercados também nos dias seguintes.

Binance anuncia participação no airdrop de token para donos de XRP

A tese de rali impulsionado pelo airdrop ganhou força após a Binance anunciar que seria uma das exchanges parceiras. À essa altura, embora o impacto posterior nos preços não tenha sido tão alto, ficava claro que o interesse da comunidade pelo token Spark era grande o suficiente a ponto de atrair a maior corretora do mundo.

Naquele dia, a XRP já atingia a marca histórica de 200% de valorização no ano, a US$ 0,70. Desde então, a moeda voltou a cair. No entanto, ainda valoriza 100% frente aos cerca de US$ 0,29 de antes do rali, segundo dados do Coingecko.

Justiça manda bloquear bitcoins da Genbit

Além da XRP, outro assunto de destaque foi a decisão da Justiça do Paraná para bloquear bitcoins da Genbit. A medida foi em favor de um casal do interior do estado que havia investido mais de R$ 26 na empresa acusada de fraude. O Ministério Público estima que a dívida da suposta pirâmide financeira seja de R$ 1 bilhão. Ao BeInCrypto, uma das vítimas contou que ficou impressionado com a presença de captadores de clientes da Genbit dentro de igrejas.

Carteiras físicas de criptomoedas na Black Friday

No fim da semana, a Black Friday atraiu mais buscas por opções de carteiras físicas de criptomoedas. Esse tipo de carteira permite guardar as chaves privadas de bitcoin e outras criptomoedas em um local desconectado da internet. A solução é normalmente recomendada para quem prefere não deixar suas criptos sob custódia de uma exchange que pode ser hackeada ou impedida de operar pelo governo.

Vários fabricantes famosos, como Trezor, Ledger, Cool Wallet, Ballet e XcelPay oferecem descontos nesse período de promoções. Utilizando o código correto, o consumidor pode levar uma hardware wallet com até 50% de desconto, inclusive nos dias seguintes à Black Friday.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Desde 2013, colaboro regularmente com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das criptomoedas principalmente na cobertura de ataques cibernéticos e golpes no Brasil. Atualmente, faço mestrado em Comunicação Científica na Universidade de Granada, na Espanha. Escrevo para o BeInCrypto desde abril de 2020.

SEGUIR O AUTOR

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá

Sinais grátis de compra e venda de criptos, análises do Bitcoin e chat com traders. Entre já no nosso Telegram!

Vamos lá